Logo do Site - Banco de Questões

Questões Sobre Língua Portuguesa da Banca FCC - Português - FCC

1) O livro foi oferecido a todos os editores nacionais, “de todos” recebeu um não seco … O segmento em destaque na frase acima exerce a mesma função sintática que o elemento grifado em:

  • A) ... o que consolidou sem dúvida a posição do estreante...
  • B) ... quando não me deram o calado como resposta.
  • C) Seu primeiro livro – Menino de engenho – é chave de uma obra...
  • D) O escritor mesmo, certa vez, em artigo de jornal, contou alguma coisa a respeito do livro de estreia...
  • E) ... que icará deinitivamente encerrado com o aparecimento de Usina, em 1936.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra B)

Na frase base, o verbo “receber” é transitivo direto e indireto, portanto o termo destacado, como está preposicionado, funciona como objeto indireto.

Em A, tem-se um objeto direto.

Em B, tem-se um objeto indireto em forma pronominal; o verbo “dar” também é transitivo direto e indireto, sendo “o calado” objeto direto e o “me” objeto indireto.

Em C, tem-se adjunto adnominal.

Em D, tem-se um adjunto adnominal.

Em E, tem-se um predicaivo do sujeito.

Continua após a publicidade..

2) “Havia” por esse tempo a revolução de São Paulo … O verbo que exige o mesmo tipo de complemento que o verbo grifado acima está empregado em:

  • A) Seu primeiro livro − Menino de engenho − é chave de uma obra ...
  • B) Uma edição de 2000 exemplares foi quase toda vendida no Rio.
  • C) Concluíram em seus livros caminhos de diversas origens ...
  • D) Daí por diante sua obra não conheceu interrupções maiores.
  • E) Raízes do sangue e da terra, que vinham de João do Rego Cavalcani e Amélia do Rego Cavalcani, seus pais...
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é D)

Na frase base, o verbo “haver” é transitivo direto, portanto a forma verbal destacada deve também ser transitiva direta.

Em A, tem-se um verbo de ligação.

Em B, tem-se verbo de ligação.

Em C, tem-se um verbo intransitivo.

Em D, tem-se um verbo transitivo direto, pois apresenta como complemento um termo não preposicionado.

Em E, tem-se um verbo intransitivo com complemento preposicionado.

3) Atentando-se para a sintaxe, é correto afirmar:

  • A) Em A lei e a ordem eram a regra, o segmento grifado é complemento verbal de eram.
  • B) Na frase Na televisão, os heróis urram, gritam, destroem, torturam, tão estridentes quanto os arqui-i-nimigos maléicos, o segmento grifado é complemento verbal dos verbos destroem e torturam.
  • C) Na frase Éramos viciados em gibis, estamos diante de um sujeito indeterminado.
  • D) Em Gibis abasteciam de ética o vasto campo da fantasia infantil, o segmento grifado exerce a função de objeto indireto.
  • E) Na frase Eles eram o lado certo que combatia o lado errado, o segmento grifado exerce a função de predicativo do sujeito.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra D)

Em A, o segmento grifado é predicaivo do sujeito, pois se trata de uma qualificação.

Em B, o termo destacado é um adjunto adverbial de comparação.

Em C, trata-se de um caso de sujeito oculto ou desinencial – “(Nós) éramos...”.

Em D, o segmento grifado exerce função de objeto indireto do verbo abastecer.

Em E, o termo destacado é objeto direto do verbo combater.

Continua após a publicidade..

4) … das varandas pendiam “colchas, toalhas bordadas e outros adereços”. O segmento grifado exerce na frase acima a função de:

  • A) sujeito.
  • B) objeto direto.
  • C) objeto indireto.
  • D) adjunto adverbial.
  • E) adjunto adnominal.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra A) sujeito

Trata-se de uma oração invertida. “das varandas” não pode ser sujeito, pois a expressão está precedida preposição. Logo, “colchas, toalhas e outros adereços” pendiam das varandas, sendo o termo, portanto, sujeito.

5) O termo sublinhado em: Sabe-se quão barbaramente os ingleses subjugaram os hindus, exerce a função de ……, a mesma função sintática que é exercida por …… na frase Cometeram-se incontáveis violências contra os hindus. Preenchem corretamente as lacunas do enunciado acima, respecivamente:

  • A) objeto direto - os hindus.
  • B) sujeito - os hindus
  • C) sujeito - violências
  • D) agente da passiva - os hindus
  • E) agente da passiva - violências.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra C) sujeito - violências

O termo “os ingleses” funciona como sujeito sintático de “subjugaram”, observe que há traços de terceira pessoa do plural em ambos. O “se” em “cometeram-se” é PA. Logo, o sujeito paciente é “incontáveis violências contra os hindus”.

Continua após a publicidade..

6) Ninguém na família tocava “qualquer instrumento”. O elemento em destaque acima exerce a mesma função sintática que o elemento grifado em:

  • A) Mas sei que veio firme...
  • B) Eu não sei.
  • C) ... o estudo, o desenvolvimento musical torna-se necessário.
  • D) ... sanfoneiros iinerantes que passavam por Itabaiana...
  • E) Eu digo isso porque eu também...
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra E)

Em E, tem-se um objeto direto, sendo, por isso, a resposta.

Analisando as demais alternativas:

Na frase base, o verbo “tocar” é transitivo direto, tendo como complemento um objeto direto; portanto, o termo destacado deve também ser um objeto direto. Em A, tem-se um predicativo do sujeito . Em B, tem-se um sujeito simples, expresso. Em C, tem-se um predicativo do sujeito. Em D, tem-se um pronome relativo com função de sujeito.

7) A frase em que ambos os elementos sublinhados exercem a função de núcleo do sujeito é:

  • A) Os bens dos aristocratas deviam ser considerados patrimônio de quem os tomou.
  • B) Os parisienses revoltados arrebentaram as casas dos nobres.
  • C) Os museus, ao contrário do que se imagina, são uma invenção moderna.
  • D) Muitos acham que não é justo apagar os vesígios do passado.
  • E) Dessa escolha da Assembleia Nacional nasceram os museus.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra A) Os bens dos aristocratas deviam ser considerados patrimônio de quem os tomou.

Em A, o termo “bens” é núcleo do sujeito e o vocábulo “quem” refere-se ao núcleo do sujeito. Em B, “parisienses” é núcleo do sujeito; revoltados é adjunto adnominal; “nobres” qualifica casas, logo é adjunto adnominal. Em C, “museus” é núcleo do sujeito; “invenção” (moderna) é predicaivo do sujeito. Em D, o sujeito oracional, logo não há núcleo e vesígios é objeto direto. Em E, “escolha” não é sujeito; “museus” é núcleo do sujeito.

Continua após a publicidade..

8) A frase em que ambos os elementos sublinhados são complementos verbais é:

  • A) Assim vos confesso que entendo de arquitetura, apesar das muitas opiniões em contrário.
  • B) Ninguém se impressiona tanto com um velho porão como este velho cronista, leitor amigo.
  • C) O porão deverá jazer sob os pés da família como jazem os cadáveres num cemitério.
  • D) Que atração exercem sobre o cronista as gravatas manchadas, quando desce a um porão...
  • E) Já não se fazem porões, hoje em dia, já não há qualquer mistério ou evocação mágica numa casa moderna.
FAZER COMENTÁRIO

“vos” → objeto indireto/ “arquitetura” → objeto indireto. Em B, “ninguém” → sujeito / “tanto” → adjunto adverbial de intensidade. Em C, “sob os pés da família” → adjunto adverbial de lugar / “os cadáveres” → sujeito. Em D, “gravatas manchadas” → sujeito / “a um porão” → adjunto adverbial de lugar. Em E, “numa casa moderna” → adjunto adverbial de lugar / “qualquer mistério” → objeto direto.

9) Analisando-se aspectos sintáticos de frases do texto, é correto afirmar que em:

  • A) Muitos se lembravam da alegria voraz com que foram disputadas as toneladas da vítima as formas verbais sublinhadas têm um mesmo sujeito.
  • B) todos se empenhavam no lúcido objetivo comum configura-se um caso de indeterminação do sujeito.
  • C) uma tripulação de camelôs anunciava umas bugigangas a voz verbal é ativa, sendo umas bugigangas o objeto direto.
  • D) eu já podia recolher a minha aflição não há a possibilidade de transposição para outra voz verbal.
  • E) Logo uma estatal, ó céus o elemento sublinhado exerce a função de adjunto adverbial de tempo.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra C)

Em A, o sujeito de “lembravam” é “muitos”. O sujeito de “foram disputadas” é “as toneladas da víima”. Não há idenidade, portanto, entre os dois sujeitos.

Em B, não é caso de indeterminação do sujeito, pois o sujeito é “todos”.

Em C, a voz verbal é aiva e “bugigangas” é OD do verbo anunciar.

Em D, o verbo recolher é VTD, sendo “a minha alição” OD. Logo, é possível a conversão para a voz passiva. Em E, “logo” é uma conjunção conclusiva, portanto não se trata de um adjunto adverbial. Seria caso de adjunto apenas se expressasse ideia de tempo ou modo, como, por exemplo, em “eles saíram logo”.

Continua após a publicidade..