Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

(Mackenzie SP/2019) As diversas etapas político-administrativas do Período Colonial brasileiro são marcadas

Continua após a publicidade..

Resposta:

. A resposta comentada é a seguinte:[texto](Mackenzie SP/2019) As diversas etapas político-administrativas do Período Colonial brasileiro são marcadas[referencia_bibliografica][perguntafinal][alternativas] a) pelo prestígio das Câmaras Municipais, em que se manifestava o poder político dos grandes proprietários de terras locais. b) pela seleção dos altos cargos da hierarquia administrativa e eclesiástica entre os naturais da Colônia. c) pela progressiva autonomia da Colônia, principalmente após a elevação a Vice-Reinado em 1720. d) pelo incentivo à ocupação de terras no interior no país e pela catequese dos povos indígenas pelos jesuítas. e) pela superposição do poder dos representantes eclesiásticos sobre o poder dos donatários, evidenciando o forte caráter religioso da nossa colonização.[respostacomentada]

A alternativa correta é a letra d)

O Período Colonial brasileiro foi marcado por diferentes etapas político-administrativas, que refletiam os interesses da metrópole portuguesa e as condições da colônia. Entre essas etapas, destacam-se:

  • O sistema de capitanias hereditárias, que concedia lotes de terras a donatários, que tinham amplos poderes administrativos, jurídicos e militares, mas que dependiam do apoio da Coroa e da Igreja para explorar e defender suas terras.
  • O governo-geral, que foi criado para centralizar a administração colonial e garantir a unidade política e territorial da colônia, sob a autoridade de um governador-geral nomeado pelo rei.
  • Os governos das regiões Norte e Sul, que foram estabelecidos para atender às especificidades das diferentes áreas coloniais, como a produção de açúcar no Nordeste e a exploração do ouro em Minas Gerais.
  • O vice-reinado, que foi instituído em 1720, após a descoberta das minas de ouro, para reforçar o controle metropolitano sobre a colônia e evitar a evasão de impostos e o contrabando.

Em todas essas etapas, houve o incentivo à ocupação de terras no interior do país, principalmente por meio das bandeiras, que eram expedições organizadas por paulistas para capturar indígenas e procurar metais preciosos. Além disso, houve a catequese dos povos indígenas pelos jesuítas, que tinham como objetivo converter os nativos ao cristianismo e integrá-los à sociedade colonial, mas que também entraram em conflito com os colonos que queriam escravizá-los.

As outras alternativas são incorretas, pois:

  • a) O prestígio das Câmaras Municipais era limitado pela intervenção da Coroa e dos governadores-gerais, que podiam anular suas decisões ou nomear seus membros.
  • b) Os altos cargos da hierarquia administrativa e eclesiástica eram reservados aos portugueses, que tinham mais prestígio e poder do que os nascidos na colônia.
  • c) A autonomia da colônia foi reduzida, principalmente após a elevação a vice-reinado, que aumentou a fiscalização e a repressão da metrópole.
  • e) O poder dos representantes eclesiásticos não se sobrepunha ao poder dos donatários, mas sim se complementava, pois ambos dependiam um do outro para garantir a colonização.
Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..