Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

(UEFS BA/2012) A primeira estratificação social na colônia brasileira se fundou na cor da pele. Pela cor da pele se distinguiam os senhores dos escravos. A estratificação étnica correspondia exatamente à estratificação social. A população colonial distribuía-se, pois, em duas camadas principais: de um lado a nobreza, os senhores, de outro a massa servil.

(NOVINSKY, 1972, p. 59)

Apesar da estratificação social indicada no texto, havia outra forma de diferenciação social entre os próprios brancos na Bahia colonial, baseada

Continua após a publicidade..

Resposta:

A alternativa correta é a letra d).

Na Bahia colonial, havia uma forma de diferenciação social entre os próprios brancos baseada na origem religiosa, que distinguia os cristãos novos dos cristãos antigos. Os cristãos novos eram os descendentes de judeus que se converteram ao cristianismo, mas que eram suspeitos de manter práticas judaicas em segredo. Os cristãos antigos eram os que não tinham ascendência judaica e que se consideravam mais puros e fiéis à Igreja Católica. Os cristãos novos eram perseguidos pela Inquisição e impedidos de participar de diversas organizações da sociedade, como as irmandades religiosas, as câmaras municipais, as ordens militares, entre outras. Essa discriminação religiosa gerava conflitos e tensões entre os brancos na Bahia colonial.

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..