Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

O fim da Segunda Guerra Mundial teve um significado que refletiu em toda a dinâmica mundial. A vitória do conflito foi dividida entre os países Aliados, entretanto, a soberania militar, econômica e ideológica passou a ser dividida entre apenas dois dos vencedores, o que gerou um novo conflito chamado de “Guerra Fria”. O mundo agora se via bipolarizado entre os EUA capitalista e a URSS socialista, e apesar de não haver conflitos diretos entre as duas nações, a sensação de insegurança e de uma guerra eminente tomava conta do mundo novamente. 

Sobre o contexto da Guerra Fria, assinale a alternativa INCORRETA.

Continua após a publicidade..

Resposta:

A alternativa INCORRETA é a letra D.

Apesar das divisões entre os Estados Unidos e União Soviética, estes dois países nunca chegaram a se enxergar como inimigos e não se interessavam no investimento em armamento de guerra.

Essa afirmação é falsa, pois os EUA e a URSS se viam como rivais e inimigos ideológicos, e investiam pesadamente em armamento de guerra, especialmente em armas nucleares. Essa corrida armamentista gerou uma situação de tensão e medo de uma guerra nuclear entre as duas potências, que poderia destruir o mundo. Um dos momentos mais críticos dessa situação foi a Crise dos Mísseis de Cuba, em 1962, quando a URSS instalou mísseis nucleares na ilha caribenha, que era aliada dos soviéticos, e os EUA exigiram a retirada dos mísseis, ameaçando com uma invasão militar. A crise foi resolvida com um acordo diplomático, mas mostrou o quão perigosa era a disputa entre as duas nações.

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..