Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

A perícia psicológica tem a finalidade de fornecer laudos que auxiliem o juiz em um processo judicial. Devido a interface entre psicologia e direito, essa perícia fica bastante em evidência no direito de família, quando a atuação do psicólogo envolve, por exemplo, guarda de filhos, alienação parental e adoção. Em caso de perícia psicológica e emissão de laudo para alienação parental, o profissional de psicologia precisa ter clareza e considerar aspectos manifestos e/ou latentes. Trata-se de um dos aspectos latentes e fundamentais ao contexto da perícia:

Continua após a publicidade..

Resposta:

A alternativa correta é letra B) Dificuldade para separar real e imaginário dadas as consequências do ódio incitado pelo alienador.

Gabarito: Letra B

A perícia psicológica tem a finalidade de fornecer laudos que auxiliem o juiz em um processo judicial. Devido a interface entre psicologia e direito, essa perícia fica bastante em evidência no direito de família, quando a atuação do psicólogo envolve, por exemplo, guarda de filhos, alienação parental e adoção. Em caso de perícia psicológica e emissão de laudo para alienação parental, o profissional de psicologia precisa ter clareza e considerar aspectos manifestos e/ou latentes. Trata-se de um dos aspectos latentes e fundamentais ao contexto da perícia:
a)  Interpretação consciente dos falsos relatos, haja vista a contratransferência do psicólogo.

Errado. Uma interpretação consciente não é um aspecto latente, é um aspecto manifesto.


b)  Dificuldade para separar real e imaginário dadas as consequências do ódio incitado pelo alienador.

Certo! A criança que passa por esse processo tem sua percepção distorcida sobre a sua realidade, e pode fantasiar situações por causa dessa influência.


c)  Consideração das percepções aguçadas da criança alienada, já que aprimoram a noção da realidade dela.

Errado. Pelo contrário, a alienação parental turva a consciência da criança sobre sua realidade.


d)  Diferenciação dos alienadores em relação aos familiares, visto que a alienação se resume aos cuidadores diretos.

Errado. Os alienadores podem ser familiares e não necessariamente serão cuidadores diretos.


e)  Reconhecimento da dissonância entre expressões e sentimentos, dada a percepção de uma declaração falseada entre uma afirmativa boa e a emoção ruim.

Errado. Esse não é um aspecto de destaque para considerar no caso de alienação parental.

 

Nosso gabarito é Letra B

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..