Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

(PUC SP/2018) Considere os textos abaixo.

“[…] Amúlio expulsa seu irmão e apodera-se do trono. Depois deste crime, cometeu outro: ele extermina todos os filhos varões do irmão e, sob o pretexto de honrar sua sobrinha Réia Sílvia, colocando-a entre as vestais, ele tira toda a esperança de se tornar mãe condenando-a à virgindade perpétua. Mas acredito que o destino estava encarregado da fundação de uma cidade tão poderosa: era a ele que cabia lançar os alicerces deste vasto império que iguala o dos deuses. […]”

Tito Livio – História de Roma, livro I, p.10. – Texto traduzido e adaptado de TITO LÍVIO. Historia de Roma desde su fundación. (Ab urbe condita). http: //historicodigital.com/download/tito%20livio%20i. pdf, acesso em 07/11/17

“Os romanos foram honrados em quase todas as nações: impuseram as leis da sua hegemonia a muitos povos: hoje, as letras e a história celebram-nos em quase todas as raças. Não têm motivo para queixar-se da justiça do Deus supremo e verdadeiro: eles receberam sua recompensa…; os judeus, que tinham morto Cristo, foram justamente entregues aos romanos, para a glória destes. Aqueles, que pelas suas virtudes, […] procura-ram e obtiveram a glória terrestre deviam vencer aqueles que, com seus enormes vícios, mataram e recusaram o dispensador da verdadeira glória e da Cidade Eterna.”

Santo Agostinho – A Cidade de Deus – Livro V, cap. XVIII, p. 527. – Texto adaptado: http: //charlezine.com.br/wp-content/uploads/Cidade -de-Deus-Agostinho.pdf. Acesso em 07/11/17

Os textos foram escritos por cidadãos romanos, em di-ferentes épocas, e tratam momentos distintos da história de Roma. No entanto, eles concordam que

Continua após a publicidade..

Resposta:

Os textos foram escritos por cidadãos romanos, em diferentes épocas, e tratam momentos distintos da história de Roma. No entanto, eles concordam que a explicação para o imenso poderio romano é de ordem religiosa. A alternativa correta é a letra C.

O primeiro texto, de Tito Lívio, narra a lenda da fundação de Roma pelos irmãos Rômulo e Remo, que teriam sido salvos por uma loba e guiados pelo destino para construir uma cidade tão poderosa que iguala o dos deuses. O autor atribui a origem e o sucesso de Roma à vontade divina e à intervenção dos deuses.

O segundo texto, de Santo Agostinho, defende que Roma foi honrada por Deus por ter vencido os judeus, que mataram Cristo, e por ter recebido sua recompensa terrena. O autor também afirma que os romanos buscaram e obtiveram a glória terrestre por suas virtudes, mas que a verdadeira glória e a Cidade Eterna só podem ser alcançadas por meio de Cristo.

Portanto, ambos os textos concordam que o poder de Roma dependeu de uma ordem religiosa, seja ela pagã ou cristã, e que os romanos foram favorecidos pelos deuses ou por Deus.

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..