Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

(FUVEST SP) Em uma população de mariposas, 96% dos indivíduos têm cor clara e 4%, cor escura. Indivíduos escuros cruzados entre si produzem, na maioria das vezes, descendentes claros e escuros. Já os cruzamentos entre indivíduos claros produzem sempre apenas descendentes de cor clara. Esses resultados sugerem que a cor dessas mariposas é condicionada por:

Continua após a publicidade..

Resposta:

A resposta correta é a letra B) um par de alelos, sendo o alelo para cor escura dominante sobre o que condiciona cor clara.

Isso porque a cor escura é uma característica recessiva, que só se manifesta quando os dois alelos são iguais. A cor clara é uma característica dominante, que se manifesta quando pelo menos um dos alelos é diferente. Assim, os indivíduos claros podem ser homozigotos (AA) ou heterozigotos (Aa), enquanto os indivíduos escuros são obrigatoriamente homozigotos (aa). O cruzamento entre indivíduos escuros (aa x aa) pode gerar descendentes claros (Aa) ou escuros (aa), dependendo do alelo que receberem dos pais. Já o cruzamento entre indivíduos claros (AA x AA ou AA x Aa ou Aa x Aa) só pode gerar descendentes claros (AA ou Aa), pois sempre haverá pelo menos um alelo dominante. Essa situação é semelhante à observada nas mariposas da espécie Biston betularia, que apresentam um polimorfismo genético para a cor das asas, sendo a cor escura condicionada por um alelo dominante. Esse polimorfismo está relacionado com a seleção natural exercida pelos predadores, que favorecem as mariposas que se camuflam melhor no ambiente.

Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..