Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

A identificação dos governos da República Velha com os interesses da economia cafeeira pode ser expressa pelo(a):

Continua após a publicidade..

Resposta:

A resposta correta é a letra (C)

Os governos da República Velha (1889 – 1930) se identificavam com os interesses da economia cafeeira. Eles adotavam políticas de valorização do café, reduzindo a oferta do produto no mercado internacional, a partir do Convênio de Taubaté, assinado em 19061. Esse acordo previa que os governos dos estados produtores de café (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro) comprariam o excedente da produção e o armazenariam, evitando a queda dos preços. Para isso, eles contavam com o financiamento do governo federal e de bancos estrangeiros.

As outras alternativas estão incorretas porque:

  • A) O Encilhamento foi um plano econômico adotado no início da República, entre 1889 e 1891, que visava estimular a industrialização e a modernização do país, através da emissão de papel-moeda e da criação de bancos. No entanto, esse plano gerou uma inflação descontrolada e uma crise financeira.
  • B) A estatização das exportações do café ocorreu durante a Era Vargas (1930 – 1945), como uma forma de enfrentar os efeitos da crise de 1929, que reduziu drasticamente a demanda pelo produto no mercado mundial. O governo criou o Instituto Brasileiro do Café (IBC), em 1933, que passou a regular o comércio e os preços do café.
  • D) A Lei Adolfo Gordo, de 1907, regulamentou a entrada e a permanência de imigrantes no Brasil, restringindo a imigração de asiáticos e africanos. Essa lei não tinha relação direta com os interesses da economia cafeeira, mas sim com as ideias de branqueamento e eugenia que circulavam na época.
  • E) O programa de estabilização de Campos Sales foi um conjunto de medidas adotadas pelo presidente Campos Sales (1898 – 1902) para equilibrar as finanças públicas e renegociar a dívida externa do Brasil. Esse programa envolveu a redução dos gastos públicos, o aumento dos impostos e a concessão de garantias aos credores estrangeiros. Essas medidas desagradaram os cafeicultores, que dependiam do crédito público para manter suas atividades.
Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..