Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

(Cesgranrio) A industrialização brasileira no início do século XX é definida como um “processo de substituição de importações”, como pode ser observado na:

Continua após a publicidade..

Resposta:

A alternativa correta é a letra (E)

O processo de substituição de importações foi uma política econômica adotada pelo Brasil a partir da década de 1930, com o objetivo de desenvolver o setor industrial nacional e reduzir a dependência de produtos estrangeiros. Esse processo foi estimulado pela crise de 1929, que afetou as exportações de café, e pela Primeira Guerra Mundial, que dificultou as importações de bens manufaturados da Europa.

A alternativa que melhor descreve esse processo é a letra E. A expansão industrial, durante a Primeira Guerra Mundial, quando ficaram restritas as importações pelo Brasil. Nesse período, o Brasil teve que produzir internamente os produtos que antes eram importados, como tecidos, alimentos, máquinas e equipamentos. Isso favoreceu o surgimento e o crescimento de diversas indústrias no país, principalmente no Sudeste.

As outras alternativas estão incorretas, pois:

  • A relação entre o crescimento da indústria e o declínio das vendas do café, após o Convênio de Taubaté, ocorreu no final do século XIX e início do século XX, antes do processo de substituição de importações. O Convênio de Taubaté foi um acordo entre os estados produtores de café para garantir o preço e a demanda do produto no mercado internacional.
  • A instalação de empresas multinacionais no Brasil, desde o século XIX, atraídas pelo fim da escravidão, não foi um fator determinante para a industrialização brasileira. As empresas estrangeiras que se instalaram no país nessa época eram poucas e se concentravam em setores como ferrovias, energia elétrica e serviços urbanos.
  • A adoção de políticas protecionistas, desde o Império, tornando proibitivas as importações, não corresponde à realidade histórica. O Brasil era um país aberto ao comércio internacional desde a época colonial e não adotou medidas protecionistas significativas até a década de 1930.
  • A transferência maciça de mão-de-obra industrial e capitais norte-americanos para o Brasil ocorreu principalmente na década de 1950, durante o governo de Juscelino Kubitschek. Esse período ficou conhecido como a fase da internacionalização da economia brasileira, quando houve um grande influxo de investimentos estrangeiros no país.
Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..