Logo do Site - Banco de Questões
Continua após a publicidade..

(Fuvest) O desenvolvimento da cafeicultura no Brasil durante a República Velha (1889-1930) criou condições para a deflagração de um processo de industrialização na região Sudeste porque

Continua após a publicidade..

Resposta:

A resposta correta é a alternativa E.

A cafeicultura foi o principal produto de exportação do Brasil na República Velha, e gerou uma grande riqueza para os fazendeiros e comerciantes do café. Essa riqueza permitiu o desenvolvimento de um mercado interno de consumo, que demandava produtos industriais, como tecidos, alimentos, máquinas, etc. Além disso, nos períodos de crise do café, quando havia superprodução e queda dos preços, muitos trabalhadores rurais migravam para as cidades em busca de emprego nas fábricas. Assim, a cafeicultura criou as condições para a industrialização do Sudeste brasileiro, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro.

As outras alternativas estão incorretas porque:

  • A) A maior parte dos lucros do café era enviada para o exterior, para pagar os empréstimos contraídos pelos fazendeiros e pelo governo. Além disso, muitos produtores preferiam investir em terras e na ampliação da produção cafeeira do que em atividades industriais.
  • B) Os governos estaduais também dependiam dos empréstimos externos para financiar a produção e a infraestrutura do café, como estradas de ferro e portos. Esses empréstimos eram pagos com as receitas das exportações do café, e não sobravam recursos para investir nas indústrias de base.
  • C) Os bancos brasileiros também estavam ligados ao setor cafeeiro, e financiavam a produção e a comercialização do café. Eles não tinham interesse em financiar a indústria, que era considerada um negócio arriscado e pouco lucrativo.
  • D) A exportação do café não gerava superávits, mas sim déficits na balança comercial brasileira, pois o país importava mais do que exportava. O governo federal não transferia recursos do setor agrícola para o industrial, mas sim protegia os interesses dos cafeicultores, através da política de valorização do café.
Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continua após a publicidade..