Logo do Site - Banco de Questões

Questões Sobre Histologia: Tecido Epitelial - Biologia - 1º ano do ensino médio

1) (UFF-RJ) As glândulas multicelulares se formam a partir da proliferação celular de um tecido e, após a sua formação, ficam imersas em outro tecido, recebendo nutrientes e oxigênio. De acordo com o tipo de secreção que é produzido, as glândulas são classificadas basicamente em endócrinas e exócrinas. Entretanto, existe uma glândula que possui duas partes, uma exócrina e outra endócrina. A figura a seguir mostra um esquema comparativo da formação de dois tipos de glândulas.

Com base na figura, assinale a opção que identifica, respectivamente, o tecido de onde as glândulas se originam, o tecido onde elas ficam imersas, a glândula I, a glândula II e um exemplo de uma glândula exócrina.

  • A) Tecido epitelial, tecido conjuntivo, glândula exócrina, glândula endócrina e glândula salivar.
  • B) Tecido conjuntivo, tecido epitelial, glândula exócrina, glândula endócrina e tireoide.
  • C) Tecido epitelial, tecido conjuntivo, glândula endócrina, glândula exócrina e pâncreas.
  • D) Tecido conjuntivo simples, tecido epitelial, glândula endócrina, glândula exócrina e paratireoide.
  • E) Tecido conjuntivo frouxo, tecido epitelial, glândula endócrina, glândula exócrina e glândula lacrimal.
FAZER COMENTÁRIO

A resposta correta é a letra A), que indica que o tecido de onde as glândulas se originam é o tecido epitelial, o tecido onde elas ficam imersas é o tecido conjuntivo, a glândula I é uma glândula exócrina, a glândula II é uma glândula endócrina e um exemplo de uma glândula exócrina é a glândula salivar.

As glândulas multicelulares se formam a partir da proliferação celular de um tecido epitelial, que é o tecido que reveste as superfícies externas e internas do corpo. Após a sua formação, as glândulas ficam imersas em outro tecido, geralmente o tecido conjuntivo, que é o tecido que sustenta, nutre e protege os outros tecidos. De acordo com o tipo de secreção que é produzido, as glândulas são classificadas basicamente em endócrinas e exócrinas.

As glândulas endócrinas são aquelas que liberam seus hormônios diretamente na corrente sanguínea, sem ductos. As glândulas exócrinas são aquelas que liberam suas secreções por meio de ductos para a superfície do corpo ou para cavidades internas. Um exemplo de uma glândula que possui duas partes, uma exócrina e outra endócrina, é o pâncreas, que produz enzimas digestivas e insulina, respectivamente. No esquema que você enviou, você pode observar que a glândula I tem um ducto que se abre no epitélio, enquanto a glândula II tem um capilar sanguíneo que atravessa o tecido.

Continua após a publicidade..

2) (UFTM-MG) O esquema representa a superfície livre de uma célula epitelial com inúmeras microvilosidades que contribuem para o aumento da área superficial e, consequentemente, da área de absorção

Células desse tipo encontram-se no epitélio que:

  • A) forma as glândulas sebáceas.
  • B) forma as glândulas sudoríparas.
  • C) reveste a cavidade intestinal.
  • D) reveste a cavidade da traqueia.
  • E) forma a pele.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra C), que indica que as células epiteliais com microvilosidades encontram-se no epitélio que reveste a cavidade intestinal. Essas células têm a função de aumentar a área de absorção dos nutrientes provenientes da digestão dos alimentos. As microvilosidades são projeções da membrana plasmática que contêm um feixe de microfilamentos de actina, que dão sustentação e mobilidade às estruturas.

As outras alternativas estão incorretas, pois as células epiteliais que formam as glândulas sebáceas, as glândulas sudoríparas, o revestimento da traqueia e a pele não possuem microvilosidades, mas sim outras características e funções específicas. Por exemplo, as glândulas sebáceas produzem uma substância oleosa que lubrifica e protege a pele, as glândulas sudoríparas produzem suor que regula a temperatura corporal, o epitélio da traqueia possui cílios que auxiliam na remoção de partículas estranhas do trato respiratório e a pele é formada por vários tipos de células que desempenham papéis na defesa, na sensibilidade e na síntese de vitamina D.

3) (Unirio-RJ) O esquema abaixo representa os cortes transversais de uma glândula exócrina e de outra endócrina:

Assinale a alternativa cuja numeração indica o duto e o capilar sanguíneo, respectivamente:

  • A) 2-3.
  • B) 1-4.
  • C) 1-5.
  • D) 3-4.
  • E) 2-5
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é a letra C), que indica que o número 1 representa o duto da glândula exócrina e o número 5 representa o capilar sanguíneo da glândula endócrina.

As glândulas exócrinas são aquelas que liberam suas secreções por meio de ductos para a superfície do corpo ou para cavidades internas. As glândulas endócrinas são aquelas que liberam seus hormônios diretamente na corrente sanguínea, sem ductos. No esquema, você pode observar que a glândula exócrina tem um lúmen maior e um ducto que se abre no epitélio, enquanto a glândula endócrina tem um lúmen menor e um capilar sanguíneo que atravessa o tecido.

Continua após a publicidade..

4) (IFCE) O Demodex folliculorum é um ácaro que habita os folículos pilosos dos seres humanos, alimentando-se de pele e sebo. Algumas pessoas podem ter reações alérgicas a esse animal e desenvolver a acne. A bactéria Propionebacterium acnes é um ser vivo oportunista e prolifera na pele, causando inflamação.As glândulas envolvidas nesse processo infeccioso são chamadas de:

  • A) sebáceas e exócrinas.
  • B) sudoríparas e endócrinas.
  • C) sebáceas e endócrinas.
  • D) sudoríparas e exócrinas.
  • E) mistas e exócrinas.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra A)

As glândulas sebáceas são glândulas anexas aos folículos pilosos, que produzem e secretam o sebo, uma substância oleosa que lubrifica e impermeabiliza a pele e os pelos. Elas são classificadas como glândulas exócrinas, pois liberam sua secreção diretamente na superfície da pele, sem passar por ductos. As glândulas sudoríparas são glândulas que produzem e secretam o suor, uma substância aquosa que ajuda na regulação da temperatura corporal. Elas também são glândulas exócrinas, pois possuem ductos que conduzem o suor até os poros da pele. As glândulas endócrinas são glândulas que produzem e secretam hormônios, que são liberados na corrente sanguínea e atuam em órgãos-alvo. As glândulas mistas são glândulas que possuem tanto função exócrina quanto endócrina, como o pâncreas e as gônadas.

5) (UDESC) Assinale a alternativa incorreta a respeito do tecido epitelial glandular.

  • A) A paratireóide é um exemplo de glândula endócrina. Esse tipo de glândula não possui uma comunicação com o epitélio por meio de um ducto ou canal. A secreção dessa glândula é liberada para os vasos sanguíneos.
  • B) As glândulas são agrupamentos de células especializadas na produção de secreções.
  • C) Glândulas sudoríparas são exemplos de glândula exócrina. Esse tipo de glândula mantém uma comunicação com o epitélio por meio de um ducto ou canal, que permite a liberação da secreção.
  • D) A tireóide é um exemplo de glândula endócrina. Esse tipo de glândula não possui uma comunicação com o epitélio por meio de um ducto ou canal. A secreção dessa glândula é liberada para os vasos sanguíneos.
  • E) A hipófise é uma glândula mista, ou seja, ela apresenta uma parte endócrina que libera o hormônio antidiurético, e outra exócrina que libera oxitocina (ocitocin
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra E)

A hipófise é uma glândula mista, mas não pelos motivos apresentados na alternativa. A hipófise é formada por duas partes: a adeno-hipófise e a neuro-hipófise. A adeno-hipófise é a parte endócrina, que produz e secreta vários hormônios, como o hormônio do crescimento, o hormônio estimulante da tireóide, o hormônio folículo-estimulante, o hormônio luteinizante, a prolactina e a adrenocorticotrofina. A neuro-hipófise é a parte exócrina, que armazena e libera dois hormônios produzidos pelo hipotálamo: a oxitocina e o hormônio antidiurético. Portanto, a alternativa E) está incorreta, pois atribui a oxitocina à parte exócrina e o hormônio antidiurético à parte endócrina da hipófise, quando na verdade é o contrário.

As demais alternativas estão corretas:

  • A paratireóide é uma glândula endócrina que produz e secreta o hormônio paratireoidiano, que regula o metabolismo do cálcio e do fósforo no organismo. A paratireóide não possui ductos e libera sua secreção diretamente na corrente sanguínea.
  • As glândulas são conjuntos de células epiteliais que se diferenciam para sintetizar e secretar substâncias diversas, como hormônios, enzimas, muco, suor, saliva, leite, etc.
  • As glândulas sudoríparas são glândulas exócrinas que produzem e secretam o suor, que é um líquido composto por água, sais minerais e ureia. As glândulas sudoríparas possuem ductos que se abrem na superfície da pele, permitindo a eliminação do suor.
  • A tireóide é uma glândula endócrina que produz e secreta os hormônios tiroxina e triiodotironina, que atuam no metabolismo energético, e a calcitonina, que atua na regulação do cálcio e do fósforo no organismo. A tireóide não possui ductos e libera sua secreção diretamente na corrente sanguínea.
Continua após a publicidade..

6) (Uerj) A camada de queratina da pele representa um grande fator de proteção para o homem. Entre as alternativas abaixo, aquela que justifica essa afirmativa é:

  • A) A camada de queratina filtra totalmente a radiação ultravioleta.
  • B) A camada de queratina do epitélio intestinal impede a fixação de parasitas.
  • C) A camada de queratina atua como primeira barreira na pele, evitando a perda excessiva de água.
  • D) A camada de queratina situada profundamente na pele facilita o transporte de água através da sudorese
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra C)

A camada de queratina é uma camada de células mortas e ricas em queratina, uma proteína impermeável, que reveste a superfície da pele. Ela atua como uma barreira física contra a entrada de microrganismos, a saída de líquidos e a ação de agentes químicos. Ela também filtra parcialmente a radiação ultravioleta, mas não totalmente, por isso é necessário o uso de protetor solar. A camada de queratina não está presente no epitélio intestinal, nem na camada profunda da pele, onde se localizam as glândulas sudoríparas.

7) (Cesgranrio-RJ) Quando um epitélio se apresenta constituído por uma única camada de células, de formato cilíndrico, está bem adaptado à função de:

  • A) armazenamento.
  • B) absorção.
  • C) transporte.
  • D) sustentação.
  • E) revestimento externo
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra B)

Um epitélio formado por uma única camada de células cilíndricas é chamado de epitélio simples colunar. Ele está presente no revestimento interno do estômago, do intestino, do útero e das trompas de Falópio. Ele possui microvilosidades na superfície apical das células, que aumentam a área de contato e facilitam a absorção de nutrientes e fluidos. Ele também pode apresentar células caliciformes, que secretam muco para lubrificar e proteger a mucosa. Portanto, esse tipo de epitélio está bem adaptado à função de absorção.

Continua após a publicidade..

8) (UFMT) A ozonosfera é uma das principais barreiras de proteção contra a excessiva radiação ultravioleta que traz sérios prejuízos aos seres vivos. Em relação à pele humana, é correto afirmar que a incidência excessiva dos raios UV agride as células podendo provocar alterações genéticas com danos profundos na:

  • A) Endoderme, camada mais interna da pele.
  • B) Hipoderme, camada localizada após a epiderme.
  • C) Epiderme, camada superficial da pele.
  • D) Ectoderme, camada mais externa da pele.
  • E) Mesoderme, camada abaixo da endoderme.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra C)

A epiderme é a camada mais superficial da pele, formada por tecido epitelial estratificado queratinizado. A epiderme é responsável pela proteção contra agentes físicos, químicos e biológicos, além de regular a perda de água e a temperatura corporal. A epiderme é composta por várias camadas de células, sendo que as mais profundas são as células basais, que se dividem continuamente e originam as outras células. As células basais possuem melanócitos, que são células que produzem melanina, um pigmento que protege a pele contra a radiação ultravioleta.

A radiação ultravioleta (UV) é uma forma de energia eletromagnética que tem comprimentos de onda menores que a luz visível e maiores que os raios X. A radiação UV pode ser classificada em três tipos: UVA, UVB e UVC, sendo que a UVA é a menos energética e a UVC é a mais energética. A radiação UV pode causar danos ao DNA das células, provocando mutações que podem levar ao desenvolvimento de câncer de pele. A radiação UV também pode causar queimaduras, envelhecimento precoce, manchas, sardas e alterações na imunidade da pele.

A ozonosfera é uma camada da atmosfera terrestre que contém uma alta concentração de ozônio (O3), um gás formado por três átomos de oxigênio. A ozonosfera tem a função de filtrar a maior parte da radiação UV que vem do sol, especialmente a UVC, que é a mais nociva aos seres vivos. A destruição da ozonosfera, causada principalmente pela emissão de gases que reagem com o ozônio, como os clorofluorcarbonetos (CFCs), aumenta a incidência de radiação UV na superfície terrestre, trazendo riscos à saúde humana e ao meio ambiente.

As outras alternativas da questão estão incorretas, pois se referem a outros tipos de tecidos ou camadas da pele que não são afetados diretamente pela radiação UV. A endoderme, a ectoderme e a mesoderme são os folhetos embrionários que originam os tecidos e órgãos do corpo durante o desenvolvimento embrionário. A endoderme origina o revestimento interno do tubo digestivo, das vias respiratórias e das glândulas associadas. A ectoderme origina o sistema nervoso, a epiderme e seus anexos (pelos, unhas, glândulas, etc.). A mesoderme origina o tecido conjuntivo, o tecido muscular, o tecido ósseo, o tecido cartilaginoso, o tecido hematopoiético, o tecido vascular e o sistema reprodutor. A hipoderme é a camada mais profunda da pele, formada por tecido conjuntivo frouxo e tecido adiposo. A hipoderme tem a função de armazenar energia, isolar termicamente o corpo e proteger os órgãos internos contra choques mecânicos.

9) (Ulbra-RS) As glândulas originam-se de grupos celulares que proliferam a partir do tecido:

  • A) epitelial.
  • B) conjuntivo.
  • C) cartilaginoso.
  • D) ósseo.
  • E) nervoso.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra A)

As glândulas são estruturas formadas por células especializadas na produção e secreção de substâncias diversas, como hormônios, enzimas, suor, saliva, etc. As glândulas podem ser classificadas em endócrinas (que liberam suas secreções diretamente na corrente sanguínea) ou exócrinas (que liberam suas secreções em ductos ou canais).

As glândulas originam-se a partir do tecido epitelial, que é o tecido que reveste a superfície externa e interna do corpo. O tecido epitelial é formado por células justapostas, com pouca matriz extracelular, que podem apresentar diferentes formas e funções. O tecido epitelial pode ser classificado em epitélio de revestimento (que protege e reveste as superfícies) ou epitélio glandular (que forma as glândulas).

Os outros tecidos citados nas alternativas não estão relacionados com a origem das glândulas. O tecido conjuntivo é o tecido que preenche os espaços entre os órgãos, sustenta e nutre as células, e participa da defesa do organismo. O tecido cartilaginoso é o tecido que forma as cartilagens, que são estruturas flexíveis e resistentes que auxiliam no suporte e na movimentação do corpo. O tecido ósseo é o tecido que forma os ossos, que são estruturas rígidas e calcificadas que compõem o esqueleto. O tecido nervoso é o tecido que forma o sistema nervoso, que é responsável pela transmissão de impulsos nervosos e pela integração das funções do organismo.

Continua após a publicidade..

10) (PUC-RIO) O tecido epitelial tem como função fazer o revestimento de todos os órgãos do corpo. Neste sentido, pode-se afirmar que:

  • A) é ricamente vascularizado.
  • B) suas células são anucleadas.
  • C) suas células encontram-se justapostas.
  • D) apresenta junções celulares como as sinapses.
  • E) possui grande quantidade de substância intercelular.
FAZER COMENTÁRIO

A alternativa correta é letra C)

O tecido epitelial é formado por células justapostas, ou seja, muito próximas umas das outras, com pouca ou nenhuma substância intercelular entre elas. Essa característica confere ao tecido epitelial uma alta capacidade de proteção e revestimento das superfícies externas e internas do corpo, além de permitir a formação de glândulas.

O tecido epitelial não é vascularizado, ou seja, não possui vasos sanguíneos em sua estrutura. Por isso, ele depende da difusão de nutrientes e oxigênio a partir do tecido conjuntivo adjacente. As células epiteliais são nucleadas, exceto as células da camada mais superficial da epiderme, que sofrem queratinização e perdem seus núcleos.

O tecido epitelial apresenta diferentes tipos de junções celulares, que são estruturas que permitem a adesão, a comunicação e a permeabilidade entre as células. As junções mais comuns no tecido epitelial são as zônulas de oclusão, as zônulas de adesão, as desmossomos e as junções comunicantes. As sinapses são junções especializadas que ocorrem entre as células nervosas, permitindo a transmissão de impulsos nervosos.